Se você é Pessoa Jurídica, pública ou privada, e atualmente se relaciona com empresas ou pessoas residentes na Comunidade Européia, armazenando, transmitindo ou processando suas informações e/ou dados, desde o dia 25/maio/2018 está sujeito às normas do GDPR, sob pena de multas ou de ser impedido de manter esse relacionamento; seja por força do próprio Regulamento ou por desejo da parte que reside na EU, que será obrigada a interromper qualquer negócio com quem não se adequar.

Não apenas no aspecto Legal, com a criação de Lei, Norma ou Regulamento sobre o assunto: a incorporação de aspectos de disponibilidade, integridade, confidencialidade e resiliência, pelo aspecto técnico, também será exigido de forma intensiva e ativa.

A regulamentação do GDPR vai além, indicando penalidades que oscilam entre 20 milhões de Euros a 4% do faturamento anual da empresa que não se adequar.

Auxiliamos as empresas a se adequarem ao GDPR na prática, indicando e auxiliando na condução de ações para adequação, e não somente na teoria. As atividades são conduzidas por uma das pessoas mais experientes no país em assuntos relacionados a compliance, professor Fernando Marinho.

Tido como uma referência em Planos de Contingência e Continuidade de Negócios, com três livros publicados, é também Consultor Empresarial nas áreas de Segurança de TI, Gestão de Riscos e Gestão de Crises, além de professor no curso de Pós-Graduação do NCE (Núcleo de Computação Eletrônica) da UFRJ.

Volta ao Topo